sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Fadas, mocinhas românticas e bichinhos...

O ano está terminando e eu não postei nada do fiz aqui. Eu sempre me percebo travando uma batalha com o que produzo, numa luta para me descobrir, como se minha caneta(pincel) fosse um oraculo revelando-me aspectos internos que meus olhos cegos não conseguem enxergar de outra forma. É sempre uma busca por uma ideia que não toma forma em absoluto. É um cavoucar incessante, uma inquietação que não tem nome,  uma frustração que não tem fim... e sobretudo, esforços que não tem resultados.
 Mas vamos lá, mostrar o que produzi.
Esse ano eu larguei o papel e o pincel e coloquei na minha cabeça de que deveria me dedicar a pintura digital, por ser tão mais pratica, mais fácil e econômica, talvez.


    Tem algumas fadas, essa é uma delas. A original no papel é um pouco estranha, mas eu gostei muito da versão digital, pelos tons que eu usei e o ar delicado que ficou. Apenas as asas não me agradaram. A versão digital eu chamo de Majestade Azul.



A segunda fada. Novamente as asas ficaram horríveis. Ela começou um desastre total, tanto que o nome do arquivo em psd é mulher feia. Eu fui burilando, ajeitando até que ela ficasse mais bonitinha. Eu a chamo de Encanto Púrpura, por causa do tom de pele meio defunto. Eu gosto de tons de pele mórbidos. 


Finalmente asas que me agradaram. Eu nunca faço fadas com asas de borboleta, é sempre de pássaro porque são as minhas preferidas, mas eu tinha que arriscar. Adoro fadas morenas com a pele branquinha e bochechas rosadas. Essa pintura eu chamei de Hesitação, porque ela está com um ar de abstração como se estivesse em dúvida sobre uma decisão muito importante. 

A última fada e com asas de passarinho que eu adoro. Ela ficou meio andrógina, como um anjo mesmo, mas eu não gosto muito da ideia de anjo, prefiro fadas. A ideia era fazê-la arrastando as asas à frente do busto para se cobrir, mas meus desenhos são rebeldes, nunca saem ao meu gosto.  


Esse é o meu preferido, comecei desenhando apenas o rosto da mocinha, então desenhei ela toda e coloquei a gárgula com ela por que inconscientemente coincidia com uma personagem minha. Comecei num tom só porque eu gosto dessa cor. Pretendo recolorir o cenário, talvez pois tenho a intenção de publicar o conto sobre o casal na Amazon e essa vai ser a capa.  


Mocinhas doces e bichinhos talvez seja a minha marca registrada. Nesse desenho, onde uma menina segura um "córneo cacheado" eu queria fazer algo simples para começar a desenhar com mais rapidez, então tentei um desenho que fica mais perto do esboço e sem traços rebuscados, queria algo mais suave também, mas confesso que esse tipo de trabalho não me agrada.



Mais mocinha doce e bichinhos... Abaixo tem a foto do ACEO em grafite. Eu não quis pintá-lo com aquarela porque usei muio grafite e sabia que ia manchar, então resolvi partir para arte digital. Como sempre tem seios desnudos. Os polêmicos seios que ninguém suporta muito ver, mas que eu acho a coisa mais linda...

Nenhum comentário:

Meus selinhos ^^

Meus selinhos ^^
Meus selinhos ^^